Todos os três auditórios do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverão ser utilizados para comportar convidados da cerimônia de segunda-feira (10).

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) espera um público de 700 pessoas para a cerimônia de diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro e do vice, o general Hamilton Mourão.

O evento, marcado para às 16h da próxima segunda-feira (10), alterará as atividades da Corte, incluindo o esquema de segurança, registra o “Metrópoles”.

Com o elevado número de autoridades, convidados e profissionais de imprensa, o TSE deverá usar todos os auditórios do subsolo para comportá-los.

Fora do plenário, onde ocorre a cerimônia, a Corte reservou os outros dois auditórios do subsolo para acomodar os convidados. Haverá transmissão ao vivo pela internet e TV Justiça, informa “O Antagonista“.

Nesta semana, foi realizado o último ato antes da diplomação dos novos mandatários do país: o julgamento, pelo TSE, das contas de campanha do partido e dos então presidenciável e vice – todas foram aprovadas com ressalvas, conforme registrou a Renova.  

Fonte: renovamidia.com.br

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário