O dólar comercial acompanhou o movimento otimista do mercado e fechou o dia cotado a 3,809 reais

Por Da redaçãoaccess_time2 jan 2019, 19h56 

O primeiro pregão do governo Jair Bolsonaro foi marcado pelo otimismo do mercado. O Ibovespa, índice de referência do mercado acionário brasileiro, fechou o dia com máxima histórica, acima dos 91.000 pontos pela primeira vez, em meio a perspectivas favoráveis para a economia brasileira em 2019 e para o novo governo do país.

Índice subiu 3,56%, a 91.012 pontos nesta quarta-feira, 2. No melhor momento do dia, alcançou 91.478,84 pontos, também maior nível já registrado durante um pregão. A máxima anterior era de 89.820 pontos, alcançada em 3 de dezembro do ano passado.

O volume financeiro na sessão somou 15,85 bilhões de reais.

Segundo analistas econômicos, o movimento de alta está relacionado ao discurso de posse de Bolsonaro na Presidência da República e à fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre medidas de ajuste fiscal, definindo a reforma da Previdência como meta.

Outro parâmetro da economia, o dólar comercial fechou o dia em forte queda, cotado a 3,809 reais.

Para estrategistas do BTG Pactual, as perspectivas para a bolsa em 2019 são promissoras. “Esperamos que a nova administração de direita implemente grandes mudanças no funcionamento da economia”, disseram em relatório.

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário