• 29 de novembro de 2022 21:34

PMB NOTÍCIAS

Notícias, Política e Atualidades

Juízes que tiraram Lula da cadeia conduzem o processo eleitoral, diz Bolsonaro na Record TV

Ex-presidente criticou atuação do Tribunal Superior Eleitoral e disse que aceitará resultado das eleições desde que ‘sejam limpas’

O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, afirmou em sabatina da Record TV que aceitará o resultado das eleições desde que “sejam limpas”. O presidente criticou a condução do processo pelo Tribunal Superior Eleitoral e afirmou que há perseguição política contra ele. “Os mesmos juízes que tiraram o Lula da cadeia e o tornaram elegível são exatamente os mesmos que conduzem o processo eleitoral brasileiro e que tudo dificultam para que a Comissão de Transparência Eleitoral consigam participar para evitar a possibilidade de questionamento ao término das eleições”, declarou. 

“Assim como você não tem hoje em dia como comprovar um processo eleitoral, o outro lado não tem como comprovar que ele foi sério também. Eles convidaram as Forças Armadas, que apresentaram várias sugestões, mas foi uma briga para aceitar uma outra sugestão, uma má vontade enorme do TSE para com as Forças Armadas para nós buscarmos uma maneira de diminuir a possibilidade de fraude”, disse o presidente.

Bolsonaro foi o primeiro a participar das sabatinas que a emissora realiza nesta semana com os candidatos à Presidência da República. Além dele, serão entrevistados Ciro Gomes (PDT), na terça (27), e Simone Tebet (MDB), na quarta. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi convidado, mas não quis comparecer.

Salário mínimo

Na sabatina, o presidente Jair Bolsonaro (PL) também tratou de outros temas, como economia e pandemia de coronavírus. Ele prometeu reajustar o salário mínimo acima da inflação em um eventual novo governo. No projeto da Lei Orçamentária de 2023 enviado ao Congresso Nacional, a projeção do mínimo estabelecida pelo governo federal é de R$ 1.302, valor que não representa um ganho real. No entanto, o presidente disse que pode trabalhar com o parlamento para aumentar o valor.

“Como o nosso governo não rouba, sobra dinheiro para você, em concordância com projetos junto ao parlamento brasileiro, buscar dar um reajuste maior para o salário mínimo”, afirmou Bolsonaro. De acordo com ele, o valor do salário mínimo não foi reajustado para acima da inflação em 2020, 2021 e 2022 devido à pandemia da Covid-19.

“Nós gastamos R$ 700 bilhões 2020 não só para combater o vírus, mas com recursos para estados e municípios e para auxílio emergencial. Nós pagamos auxílio emergencial para 68 milhões de pessoas em 2020. Não tínhamos como ir além do reajuste equivalente ao da inflação”, destacou.

R7

https://www.correiodopovo.com.br/amp/cmlink/%2F1.896576?fbclid=IwAR2vNNbq2P_BWJZ4iQaCELSj3sVg7sh0c0ws45xrxFPTU2UTAl0m3Spmpe8

SANTANA

SANTANA - Jornalista/ Bacharel em Ciência Política / Sociólogo/ Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia e Política de Segurança Pública

Deixe um comentário