• 13 de agosto de 2022 22:30

Aldeia misteriosa desapareceu da noite para o dia

Aldeia misteriosa desapareceu da noite para o dia: seus habitantes entraram em outra Dimensão?

O desaparecimento do povo Roanoke que se estabeleceu no continente americano em 1590 é um dos grandes mistérios não resolvidos da história da humanidade esse mistério ainda assombra os povos do continente americano.

Aldeia misteriosa desapareceu da noite para o dia: 116 pessoas entraram em outra dimensão?

O incidente remonta a 1587 quando cerca de 116 ingleses, patrocinados e reunidos por Walter Raleigh chegaram a Roanoke Island (agora Roanoke Island, Carolina do Norte) na América do Norte. Depois de pesquisar eles decidiram desenvolver uma nova colônia aqui. O chefe da nova colônia John White recolheu materiais (materiais de construção e necessidades diárias) para embarcar em um barco para retornar à Inglaterra.

Naquela época, uma guerra eclodiu entre a Inglaterra e a Espanha. Diante da poderosa frota invicta da Espanha a rainha Elizabeth pediu o uso de todos os navios disponíveis. Portanto a viagem de John White de volta à nova colônia foi adiada por vários anos.

Ao anoitecer de um dia de 1590 John White finalmente retornou mas ao se aproximarem do local, ao longe viram a vila explodindo de repente em fumaça este foi o sinal de socorro dos aldeões. Quando os reforços chegaram à aldeia já estava escuro. Depois de entrar na aldeia os soldados viram que as portas de todas as casas estavam abertas entraram na casa e viram que havia velas na mesa de jantar e a comida que havia sido cozida no fogão ainda estava quente. 

Os aldeões de Roanoke aparentemente estavam se preparando para o jantar. Havia 116 habitantes (incluindo 11 crianças, 88 homens e 17 mulheres) incluindo aves e gado os quais desapareceram como se evaporassem repentinamente do mundo. Depois de sair da aldeia, o comandante do exército ordenou que a equipe parasse, descobriu-se que em uma árvore perto da casa do padre havia grandes caracteres crípticos “Croatoan” iluminados por uma tocha. O testemunho da irmã Emily fornecido em 1670 dizia que a inscrição na árvore significava “calamidade inevitável”.

Os soldados encontraram as palavras CROATOAN gravadas em uma grande árvore perto da entrada da casa do padre, ninguém sabia o que significavam. 

O exército britânico da época registrou esse misterioso desaparecimento em detalhes:

“Quando o exército chegou à aldeia para se estabelecer já estava escuro as portas das casas da aldeia estavam abertas como se estivessem saindo para participar de alguma atividade coletiva. No entanto o que faz as pessoas estremecerem é que toda a aldeia está estranhamente silenciosa todos os 116 habitantes da aldeia desapareceram. Ainda mais surpreendente foi que os animais da aldeia não estavam à vista nem mesmo o som dos cães latindo e uivando.

Quando os soldados entraram em cada casa para procurar os aldeões encontraram velas nas mesas de jantar a comida ainda fumegando isso mostrou que os aldeões estavam se preparando para o jantar. Mais estranhamente os soldados encontraram as palavras CROATOAN esculpidas em uma grande árvore perto da entrada da casa do padre mas ninguém sabia o que significavam. Mesmo que tivessem recuado ou sido sequestrados pela tribo indígena não seria possível em tão pouco tempo sem deixar rastro! Então isso é muito estranho.

John o líder da equipe de resgate relatou o desaparecimento de toda a vila ao governador mas o governador não acreditou e enviou um buscador. Como os aldeões da “aldeia de Roanoke” eram todos colonos britânicos eles enviaram mais quatro equipes de busca. Ninguém na equipe de busca tinha visto nenhum vestígio do ataque inimigo, nem uma única gota de sangue, um cabelo ou um único pedaço de pano foi encontrado na aldeia.

A equipe de busca também verificou os bosques ao redor em busca de novos túmulos mas nenhum cadáver foi encontrado.

As tribos indígenas da região sempre viveram muito felizes com os aldeões de Roanoke mas por precaução ainda vasculharam as aldeias indígenas mas sem sucesso. Finalmente João teve que enviar um relatório urgente à rainha dizendo: “O diabo os capturou (aldeia)”. Então, outra equipe de busca britânica mais uma vez procurou os habitantes desaparecidos, cavando três metros de profundidade na vila em busca de pistas. Mas depois de 14 anos de buscas sem resultados eles tiveram que desistir da ideia.

Em 1590 as inscrições na casca por algum motivo foram queimadas pela equipe de busca deixando apenas algumas letras espalhadas. Alguns sugeriram que essas letras são o código para o nome de Satanás. Há também alguns pesquisadores que acreditam que as primeiras letras gravadas na árvore são na verdade as palavras “Croa”, os aldeões queriam dizer às pessoas que seu desaparecimento está relacionado aos índios. “Croatoan” mora nas proximidades.

O professor Pierre Morinier do Canadá acredita que o desaparecimento dos colonos está relacionado aos Deuses da tribo indígena eles foram punidos pelos Deuses porque os colonos britânicos tomaram a terra dos índios.

“Roanoke Village” se foi há mais de 400 anos. Há muitas especulações diferentes sobre a causa do incidente. Alguns dizem que naquela época a doença começou, então os aldeões correram para fugir. Alguns dizem que os piratas atacaram e fizeram todos prisioneiros. Diz-se também que os colonos embarcaram em um barco em ruínas para retornar à Inglaterra, mas no meio do caminho houve uma tempestade então todos foram enterrados no mar profundo…

Há também uma teoria mais estranha que um monge índio bruxas hipnotizou os aldeões, fazendo com que 116 pessoas fossem para o mar agitado e se afogassem juntas. Diante de todos os tipos de teorias diferentes, também há pessoas que discordam, porque os piratas nunca estiveram nos mares do norte. E os colonos não navegaram, chegaram à ilha em três pequenas embarcações em 1587.

O ataque dos índios não será tarde demais para os colonos porque em “Roanoke Village” eles estão totalmente armados e são plenamente capazes de defender sua aldeia. Antes de encontrar uma explicação razoável, alguns visitantes preferem acreditar que “foi o diabo que fez os aldeões desaparecerem”. O desaparecimento da “aldeia de Roanoke” também se tornou um dos mais estranhos mistérios não resolvidos da história humana.

Então onde foram parar os colonos britânicos desaparecidos? Muitos estudiosos e especialistas ofereceram pontos de vista diferentes nos últimos 400 anos. Talvez eles realmente tenham entrado em outra dimensão?

SANTANA

SANTANA - Jornalista/ Bacharel em Ciência Política / Sociólogo/ Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia e Política de Segurança Pública

Deixe um comentário