Investigação da Polícia Civil identificou que os três integravam uma quadrilha especializada em levar entorpecentes ao exterior. O trio foi localizado e preso em Guarujá, no litoral paulista.

Por G1 Santos 01/02/2019

Dois angolanos e um português foram presos em flagrante por tráfico de drogas em Guarujá, no litoral de São Paulo, nesta sexta-feira (1). Os estrangeiros, segundo a Polícia Civil, são investigados por envolvimento com uma quadrilha especializada em enviar entorpecente ao exterior.

O trio foi localizado em um condomínio no bairro Jardim Enseada, após um mês de investigação. Quando os policiais chegaram ao local, flagraram quando um homem e uma mulher saiam da garagem em um carro em alta velocidade. Houve troca de tiros e o casal fugiu.

Os três estrangeiros foram localizados em uma residência no condomínio com porções de cocaína e materiais para preparo da droga. Com um dos angolanos, que estava ilegalmente no país, também foi encontrado um cartão de benefício do programa Bolsa Família.

Trio foi localizado com porções de entorpecentes em Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Trio foi localizado com porções de entorpecentes em Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil informou que as investigações identificaram que o trio transportava entorpecentes para países europeus por meio do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. No interrogatório, o português afirmou que embarcaria em um voo com cocaína ainda nesta sexta-feira.

As investigações prosseguem para identificar a real procedência da droga, assim como as duas pessoas que fugiram do cerco policial durante a troca de tiros. A Polícia Civil informou que o caso deverá ser encaminhado para a Polícia Federal em razão dos tipos de crimes.

https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2019/02/01/dois-angolanos-e-um-portugues-sao-suspeitos-de-enviar-cocaina-pelo-aeroporto-de-guarulhos.ghtml

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário