Consciência ecológica do folião do “rock” dura duas latinhas de cerveja e um baseado
Carlos Eduardo de Freitas Rocha

O Rock in Rio da lacração, da luta pela amazônia, do folião com consciência ecológica começou despejando toneladas e mais toneladas de lixo no Rio.

Depois de algumas fotos de lixo espalhado circularem pelas redes, a suposta imprensa revelou que as fotos divulgadas não são do festival desse ano. É o famoso “muito obrigado por nada”. O fato é que a preocupação com o meio ambiente é cenográfica apenas. Ajuda a ordenar indivíduos com uma vida interior muito pobre, que não tem domínio de sua razão.

Fernanda R  @judoca20

Verdadeiras informações sobre a sujeira no rock in Rio.
Ainda que foto antiga tenha sido compartilhada, não muda o fato de que estão produzindo muito lixo. As pessoas estão jogando lixo no chão, aos montes, e depois vcs vêm falar de consciência ambiental.#hipocrisiaambiental

Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter

417:09 – 30 de set de 2019 · Rio de Janeiro, BrazilInformações e privacidade no Twitter AdsVeja outros Tweets de Fernanda R  

Danielle J@Daniell40009807

Esse povo que tá defendendo a sujeira no Rock in Rio por ser ambiente privado são os mesmos que jogavam lixo no chão da escola e falavam que é pra manter o emprego da faxineira. Desculpa esfarrapada desses porcos e mal educados isso sim.422:37 – 30 de set de 2019Informações e privacidade no Twitter AdsVeja outros Tweets de Danielle J

O mesmo vale para artistas idiotizados. A última parada gay no Rio, sem dinheiro público, ficou vazia de grandes atrações que não viram pingar em suas contas aquele milhãozinho, tão caro a quem se embrenha numa causa.

O problema é o peido da vaca, Bolsonaro, a conjunção de planetas; nunca é culpa do indivíduo que consome a droga, que joga a latinha ou a seringa no chão (afinal, alguém limpará pra ele) que coloca comunidades inteiras reféns de criminosos sanguinários.

http://sensoincomum.org/2019/10/01/rock-in-rio-ecologico-despeja-mais-de-160-toneladas-de-lixo/?fbclid=IwAR0EJkUtxt-v7Ss9EaXTeSyf0jEh6zCYE8lVqSG6sLWnOEjD8LpnnjtNUIw

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário