Por determinação do Exmo. Sr. Presidente da República, o Comando Militar do Leste (CML) encontra-se coordenando desde ontem (25 Jan), a partir da cidade de Belo Horizonte, a mobilização e o planejamento do emprego dos meios militares em resposta ao acidente com a barragem no município de Brumadinho (MG).

Em termos de meios militares, até o presente momento (26 Jan, 11:30 AM), foram empregados:

1 Helicóptero EC 225M – Jaguar, da Aviação do Exército, para reconhecimento aéreo (a aeronave em operação é semelhante à das fotos);

toldos e barracas de campanha para apoio aos trabalhos de identificação de corpos; e equipamentos móveis de telecomunicação (telefones satelitais e rastreadores via satélite), haja vista as dificuldades encontradas pelas equipes de resgate.

Representantes das Forças Armadas compõem o Centro Integrado de Comando e Controle na capital mineira (cuja coordenação geral está a cargo da Defesa Civil de MG), e acompanham todos os desdobramentos.

Adicionalmente, encontram-se já mobilizados, estando na situação de “prontidão para emprego imediato”, os seguintes meios das organizações militares do CML situadas em MG:

  • 930 militares operacionais, incluindo tropas de Polícia do Exército com cães farejadores;
  • 38 militares da área de saúde (médicos, enfermeiros e assistentes);
  • 10 ambulâncias;
  • 132 viaturas diversas, incluindo caminhões, ônibus e cisternas;
  • 140 barracas e toldos;
  • 95 camas de campanha;
  • 360 colchões.

Encontram-se também disponíveis outros dois helicópteros, sendo 1 da Marinha do Brasil e outro da Força Aérea Brasileira, tripulados por equipes de busca e salvamento.

Outros meios militares poderão vir a ser empregados em caso de necessidade, ainda que situados fora do Estado de Minas Gerais.

SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO COMANDO MILITAR DO LESTE

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário