• sex. jun 14th, 2024

PMB NOTÍCIAS

Tudo que você precisa saber, agora ao seu alcance.

“Criança não namora, nem de brincadeira”, opina Marcos Mion

BySANTANA

nov 25, 2019

“As crianças se divertem? Se amam como homem e mulher? Elas têm ciência do que está acontecendo ou estão apenas reagindo a uma situação estranha que os adultos impuseram a elas?”, instigou Marcos Mion sobre a questão do “namoro infantil”.Por DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL

Em sua coluna “Pai Nível Hard””, na Revista Crescer, o apresentador Marcos Mion faou sobre um tema bastante delicado e polêmico, o “namoro infantil”.

“As crianças se divertem? Se amam como homem e mulher? Elas têm ciência do que está acontecendo ou estão apenas reagindo a uma situação estranha que os adultos impuseram a elas?”, instigou Mion.

Para o apresentador, a grande maioria das pessoas que incentivam o namoro entre crianças não tem noção do estrago e do mal que está fazendo. “Elas agem baseadas em costumes ou por simples diversão. Da mesma forma que é bonitinho ver o filho com o mesmo tênis que o pai, é bonitinho ver o filho com namorada, ‘igual ao papai’. Isso sem falar no homem – em sua forma mais primitiva e equivocada – que sexualiza o filho precocemente para ele ser um “macho conquistador”. Por incrível que pareça, ainda acontece muito. Triste.” , opinou Marcos Mion.

Mion ainda foi além na questão: “Se esses adultos parassem para analisar e pensar o que é um namoro de verdade, tenho certeza de que não iam querer que suas filhas e filhos pequenos ‘brincassem’ com essa etapa importante tão cedo. Namorar é se entregar para alguém, se dedicar àquela pessoa para iniciar a construção de uma vida a dois. É fazer uma escolha consciente sobre outra pessoa com quem você quer dividir sua existência.”

“Fico desesperado ao ver a inocência da infância e a chance da descoberta por conta própria desaparecerem por conta de traumas, medos, criação ou diversão dos pais. ‘Ah, mas namoro de criança não é isso! É só brincadeira! É inocente! Só diversão!’ Apenas na cabeça de um adulto desinformado. Na realidade, não é brincadeira. É adultização precoce, que rouba da criança uma linda descoberta, que deveria acontecer apenas na hora certa.”, finalizou o pai de Romeo, Donatella e Stefano.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações do texto escrito por Marcos Mion para a Revista Crescer.
Foto destacada: Reprodução/Instagram.

By SANTANA

Jornalista/ Bacharel em Ciência Política / Sociólogo/ Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia e Política de Segurança Pública

Deixe um comentário

Verified by MonsterInsights