Operação NACAR 19 investiga supostas fraudes na contratação de Organizações Sociais e empresas. Prejuízo estimado em R$ 108 milhões. O objetivo é combater possíveis crimes de desvios de recursos públicos e correlatos praticados por grupo criminoso mediante contratação de Organizações Sociais e empresas para atuação na área da saúde no município do Guarujá (SP), sendo alguns desses contratos referentes a serviços destinados ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.Nas investigações foram identificadas situações de atuação na existência de suposta organização criminosa na Prefeitura Municipal do Guarujá (SP), com o cometimento dos crimes de corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro dentre outros. A investigação aponta que duas Organizações Sociais contratadas pelo município do Guarujá (SP) serviram para o desvio de recursos públicos e entrega de vantagens indevidas, como disposição de empregos – tanto os efetivamente trabalhados como os de “funcionários fantasmas” para aliados e apadrinhados dos envolvidos. A Operação NACAR 19 consistiu no cumprimento de 25 mandados de busca e apreensão em endereços localizados nos municípios do Guarujá (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Paulo (SP) e Nova Iguaçu (RJ). O trabalho conta com a participação de 125 policiais federais e de seis auditores da CGU. Além disso, foi determinado o bloqueio de R$ 6,4 milhões em bens e valores dos envolvidos.

www.gov.br/cgu/noticias

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário