Brasília (DF), 12/11/2021 – De 2 a 8 de novembro, o Brasil participou do Simpósio Internacional do Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM), na cidade de Olímpia Antiga, na Grécia. Pela relevância dos trabalhos apresentados, a delegação brasileira recebeu o prêmio científico Commandant Raoul Mollet.

O Simpósio Internacional reuniu militares e civis de 34 países, permitindo troca de experiências e conhecimento científico em três áreas: “História do esporte militar”, “Preparo do militar para a guerra através da ciência esportiva” e “Gerenciamento de eventos esportivos militares – aspectos sociais e políticos”.

Ao todos, oito trabalhos foram apresentados, entre eles, o do Coronel Renato Soeiro, do Exército Brasileiro (EB), sobre o tema “A importância das competições escolares no desenvolvimento de valores nos cadetes da AMAN”; do Capitão-Tenente Pedro Tourinho, da Marinha do Brasil (MB), que abordou a “Comparação dos resultados cardiorrespiratórios dos candidatos aprovados e reprovados nos cursos de operações especiais da MB”; da Tenente Danielli Gabriel, da Força Aérea Brasileira (FAB), que pesquisou sobre “A assimetria da resistência da musculatura lombopélvica prediz a intensidade da lombalgia em pilotos de helicóptero da Força Aérea Brasileira”; e da Professora da Escola de Educação Física do Exército Danielli Melo, que expôs sobre “O uso da percepção térmica por escalas analógicas para monitorar as respostas fisiológicas durante uma prova de Triatlo simulada.”

Tenente Pedro Tourinho.jpg

Paralelamente ao Simpósio, ocorreu a 3ª Reunião do Corpo de Diretores do CISM. Na ocasião, foram discutidos assuntos que influenciam nos rumos do esporte militar internacional, com impacto em atividades esportivas, regulamentos, finanças e assuntos diversos relacionados com os 140 países afiliados ao CISM, entre eles, o Brasil.

Dentre os assuntos de destaque em relação ao continente americano, foi abordada a política de expansão do CISM no continente; o sucesso do Campeonato Mundial Militar de Equitação, sediado pelo Brasil; as ações para o desenvolvimento do paradesporto; entre outros. Os participantes, também, propuseram a formulação de curso, na modalidade EAD, sobre “Fundamentos da Administração Esportiva no CISM” e aprovaram a criação de um Centro Regional de Desenvolvimento para o Pentatlo Naval, no Brasil e na cidade de Lima, no Peru, como sede da Assembleia Geral do CISM, em 2022.

foto.simpósio.jpg

Sede
Ao celebrar 200 anos da Revolução Grega, a delegação anfitriã, junto ao CISM, escolheu Olímpia Antiga para sediar a Reunião por ser o berço do evento esportivo mais famoso e importante do mundo antigo, os Jogos Olímpicos. As disputas ocorriam nesse sítio histórico em intervalos de quatro anos, de 776 a.C a 393 d.C. A Academia Olímpica Internacional tem sede na cidade.


Com informações da SEPESD
Fotos: divulgação SEPESD

https://www.gov.br/defesa/pt-br/centrais-de-conteudo/noticias/brasil-recebe-premio-cientifico-do-conselho-internacional-do-esporte-militar?fbclid=IwAR1GDUhLRVfOwHdN_UgVnpTpBBCDruscDTLXR3D8t5B0p7Ou-o5gbBi6jy4

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário