Por Santana

Político criticar o servidor público, efetivo e concursado que ganha muito mal, e falar de privilégios é muita demagogia.
Qual o salário desse Vereador Rubinho Nunes? Quanto do salário dele é recolhido para a previdência municipal? Quantos assessores esse Vereador possui em seu gabinete e qual o salário desses comissionados?
Qual a verba mensal de gabinete desse Vereador?
Político não é profissão e não se exige nada.. nenhuma qualificação, não se exige sequer um grau educacional mínimo, ou seja, só precisa saber assinar o nome..
Portanto, político não deveria se aposentar a menos que pagasse com o seu próprio dinheiro uma previdência privada e deveria ganhar somente 1 salário mínimo!
Enquanto professores, policiais (GCM), agentes de saúde ganham no máximo 3 salários mínimos.. políticos e apadrinhados políticos recebem altíssimos salários, bem acima do teto da previdência.. será que o art. 37 da CF 88 só vale para o cidadão e para o servidor público comum??

Já que esse Vereador quer acabar com privilégios, comece apresentando projeto de lei reduzindo os salários do legislativo para o teto da previdência e acabando com os milhares de cargos comissionados! Vale lembrar que, cargo comissionado é um cargo político, onde não se exige qualificação alguma e nenhuma competência técnica, que tal acabar com esse privilégio Vereador Rubinho Nunes!

Santana Jornalista
pmbnoticias.com

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário