• 13 de agosto de 2022 21:08

Programa Vigia já apreendeu 900 toneladas de drogas

Com dois anos de atuação no Mato Grosso do Sul, programa VIGIA já causou prejuízo de R$ 1,8 bilhão ao crime organizado

Ações nas fronteiras, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, já apreenderam mais de 900 toneladas de drogas no estado

B

rasília, 09/09/2021 – O Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), completa dois anos de atuação no Mato Grosso do Sul neste mês. Nesse período, a ação já causou um prejuízo de R$ 1,8 bilhão ao crime organizado no estado.

Foram apreendidas mais de 900 toneladas de drogas, 3.020 veículos e 436 armas, além da prisão de 3.329 pessoas. Somente em 2021, mais de 374 toneladas de drogas foram confiscadas, sendo 36,5 toneladas de uma única vez. A maior apreensão de drogas da história do país.

“Estamos fechando o cerco nas fronteiras. Não vamos dar espaço para nenhuma atuação criminosa. A integração das forças de segurança, aliada ao uso de inteligência, trazem, cada vez mais, resultados positivos na luta contra a criminalidade”, ressaltou o ministro Anderson Torres.

Os resultados positivos relacionados aos números de apreensões e prisões reforçam a qualidade do trabalho integrado entre as forças de segurança pública, coordenado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do MJSP.

VIGIA pelo Brasil

O VIGIA está presente em 15 estados: Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Acre, Rondônia, Tocantins, Goiás, Roraima, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Pará, Amapá, Rio Grande do Norte e Ceará.
Investimentos no programa garantem o sucesso das ações, que incluem aquisições de equipamentos de ponta, capacitação de pessoal por organizações nacionais e internacionais e a instalação de bases operacionais com
integração de sistemas.

Em dois anos de Programa, o Ministério da Justiça e Segurança Pública investiu mais de R$ 1,3 milhão em capacitações, treinando quase 2 mil operadores para atuarem como multiplicadores, além de fortalecerem a integração entre si. Também foram investidos cerca de R$ 130 milhões em aquisições de equipamentos de alta tecnologia para dar suporte às equipes em campo, como drones, óculos de visão noturna, equipamentos de radiocomunicação, entre outros.

CategoriaJustiça e Segurança

https://www.gov.br/mj/pt-br/assuntos/noticias/com-dois-anos-de-atuacao-no-mato-grosso-do-sul-programa-vigia-ja-causou-prejuizo-de-r-1-8-bilhao-ao-crime-organizado

SANTANA

SANTANA - Jornalista/ Bacharel em Ciência Política / Sociólogo/ Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia e Política de Segurança Pública

Deixe um comentário