Você pode ter muitos animais como animais de estimação, desde animais comuns, como cachorros, gatos, peixes e até animais exóticos, como cobras e papagaios. Então, em raras ocasiões, você vê animais de estimação como a Kira, um lobo.

A Kira foi abandonada pela sua mãe quando tinha apenas 3 dias de vida, ela não ia conseguir sobreviver sozinha, mas felizmente uma mulher chamada Alida veio ao seu socorro. Alida a acolheu, criou e treinou como um cãozinho para que ela tivesse outra chance na vida.

Os lobos são selvagens no coração e, ao contrário dos cachorros, não têm gerações de domesticação em seus genes, então, compreensivelmente, Kira era muito difícil de se adestrar.

Ela era mais cautelosa com coisas novas, então Alida teve que se esforçar bastante para adestrar ela. Kira precisava de muita socialização, ela se reunia com crianças, adultos e até com outros animais.

Depois de muito trabalho, a Kira ficou totalmente domesticada, ela não tem coragem de machucar uma mosca.
“Se for solto na natureza, há uma grande probabilidade de perder a vida, já que ninguém a ensinou a caçar. A mãe de Kira abandonou seus bebês quando eles tinham 3 dias de idade, então eles foram alimentados com as mãos. Eu a peguei assim que Kira ficou mais forte e também a alimentei com leite primeiro, ”disse a humana.

“Eu a adotei quando ela tinha 28 dias. Ela é inteligente, mas muito teimosa. Ao tomar decisões, ela se concentra em si mesma, não em mim. Desde o início, comecei o processo de sua socialização. Ele viu muitos cachorros, pessoas e crianças ”, disse a jovem.

“Caminhamos por lugares diferentes para que ela pudesse estudar cheiros diferentes, ouvir novos sons. Os lobos têm uma neofobia inata, um medo de tudo que é novo. É um processo muito difícil, longo e tedioso, mas é necessário para que Kira possa viver comigo em um ambiente urbano e se sentir confortável ”.

“A criação também teve seus problemas, mas com a idade, tudo desaparece e o trabalho compensa: Kira tem uma psique estável e calma, não reage às agressões de outros cães e não provoca conflitos. Ele trata as crianças com muito cuidado e se a criança tem medo dele, ele não se aproxima dela”.

Na rua, as pessoas geralmente reagem com curiosidade, pedem para serem fotografadas, perguntam se é perigoso morar com um lobo e principalmente quando tem criança em casa (tenho um filho de 7 anos, Bogdan). ”

Kira é praticamente um cãozinho feliz totalmente domesticada que vive em uma casa com um menino de 7 anos que ela ama muito.

A Kira foi salva pela mulher e agora tem uma vida de um cãozinho, se ela não fosse resgatada ela não iria sobreviver. Gostou ? Então compartilhe com seus amigos e familiares nas redes sociais.

https://portalamigocao.com.br/lobo-abandonado-por-sua-mae-cresce/?fbclid=IwAR2muC_1GH25hZ1p2BNGmGEjlo22ve8chYA3HJu7jeJptgmtuMT151Ola4c

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário