6 de agosto de 2021

PMB Notícias

Santana Jornalista

Consequências do Abandono de Animais

Muitas pessoas abandonam os seus animais na rua na “esperança” de que eles irão conseguir alguém muito bom ou, “se Deus quiser”, algo melhor. É a chamada crença popular de que “Deus vai ajudar.” É claro que Deus ajuda, e muito! Mas, ele não faz a nossa parte. Nós somos responsáveis pelos nossos atos e pela dor que causamos a  cada ser deste planeta, seja ele quem for!

É preciso ter consciência de que o abandono, certamente, vai colocar o seu animal de estimação vulnerável a uma série de coisas, inclusive doenças fatais, atropelamentos, maus tratos e crueldades.

Se você encontrou um animalzinho nessas condições, procure fazer a sua parte:

  • Recolha-o imediatamente
  • Alimente-o e hidrate-o (dê alimento e água)
  • Procure cuidados veterinários (diversas boas clínicas e ótimos e dedicados profissionais, oferecem descontos para estes casos)
  • Se não puder acolhê-lo, inicie a divulgação à procura de um bom adotante: tire fotos e anuncie em petshops e clínicas veterinárias. Utilize as redes sociais para a divulgação.
  • Fale com vizinhos e parentes. Coloque cartazes no trabalho.
  • Cuidado com adotantes desconhecidos. Procure entregar o animal já castrado. Infelizmente o joio cresce junto com o trigo. Muitas pessoas buscam animais para sacrifícios, rinhas de Pit bulls e/ou crueldades.
  • Alguns têm boa vontade, mas não têm recursos e local adequado para manter o animal com segurança.
  • Busque informações sobre o adotante e faça-o assinar um termo de adoção responsável.

O animal abandonado ou mesmo aquele que não é mantido em segurança dentro de casa, fica vulnerável a tudo que há de bom e ruim proveniente não só do meio ambiente, mas, também, do ser humano. Assim, alguns são capturados para servir a todo tipo de maldade humana, desde às experiências por adolescentes, a atos indignos perpetuados por adultos desequilibrados, criminosos e seguidores de credos insensíveis. Veja abaixo exemplos desses maus-tratos.Algumas imagens abaixo podem ser de conteúdo forte para pessoas sensíveis. Se tem certeza que quer continuar a navegar, clique no link abaixo. Consequências do abandono