Bolsonaro afirmou que ambiente acadêmico tem sido “massacrado por ideologia de esquerda”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, alertou que o ambiente acadêmico do Brasil está sendo “massacrado pela ideologia de esquerda”, priorizando a conquista de “militantes políticos” ao invés da “formação dos cidadãos”.

Em uma série de mensagens publicadas na rede social Twitter, nesta segunda-feira (11), Bolsonaro disse que uma das prioridades do seu governo “é quebrar o ciclo da massa hipnotizada comendo migalhas enquanto seus líderes nadam em milhões da corrupção do erário”.

“Infelizmente, é um trabalho duro e demorado, pois ao longo de anos o aparelhamento do estado foi estrategicamente gigantesco”, destacou Bolsonaro.

Bolsonaro, entretanto, afirmou que o trabalho já começou:

“Não se refaz da noite para o dia algo tão grande, mas um ponto de partida já existe e estamos fazendo nossa difícil parte. Desejamos que outras gerações se organizem e levem adiante esta sementinha que foi plantada por muitos.”

E acrescentou:

“E que impeçamos para sempre que o mal que esteve tão perto de destruir nosso país volte com força. Defeitos, todos temos, mas a maldade formada para destruir é nata e organizada apenas por um lado. Vamos trabalhar juntos para resgatar nosso amado Brasil!”

Bolsonaro na luta contra a influência esquerdista na educação

By SANTANA

SANTANA - Jornalista / Bacharel em Ciência Política / Gestor em Segurança Pública e Policiamento / Pós graduado em Sociologia da Segurança Pública

Deixe um comentário